Un copula suisse es insultate in le lingua Dhivehi durante un cerimonia de maritage in le insulas Maldive.

(Languages of this post: Interlingua, Portuguese, English)

Un hotel de luxe in le insulas Maldive in le Oceano Indic faceva su excusas post que un video publicate in YouTube monstrava un de su empleatos offendente hospites in un lingua que illes non comprendeva durante un cerimonia de renovation de votos de maritage.

Le duo personas del copula credeva que illes stava a reciper un benediction, ma in vice de benedicer les, le functionario del hotel diceva que illes esseva “infideles” e “porcos” e les insultava severemente de altere manieras in le lingua local, dhiveni.

Le administration del Vilu Reef Resort and Spa diceva in un communicato que il es impardonabile que un de su empleatos insultava le copula durante le ceremonia con linguage offensive sur le religion e sexo.

Le video del cerimonia, publicate in YouTube, monstra le mulier, vestite in blanc e portante un bouquet de flores, e su marito, qui também estava vestido formalmente para uma cerimônia de casamento, ante un tabula decorate sombremente como si illo stava a esser usate in un ceremonia religiose.

Al fin del ceremonia de 15 minutas, que costava US1,3 mille, le copula cambiava anellos e vadeva a un belle plagia, ubi illes plantava un coco in le arena.

Le insulas Maldive es un destination popular pro ceremonias de renovation de votos e pro viages de luna de melle.

Le ministro del exterior del Maldives, Ahmed Shaheed, condemnava le episodio, dicente que ille se trovava “horrorisate” con le video, e ille lanceava un investigation sur le caso.

Le economia del pais es altemente dependente del tourismo.

Um casal suíço é insultado na língua Dhivehi durante uma cerimônia de casamento nas ilhas Maldivas.

Um hotel de luxo nas Ilhas Maldivas, no Oceano Índico, pediu desculpas depois que um vídeo publicado no YouTube mostrou um de seus funcionários ofendendo os hóspedes em uma língua que eles não entendiam durante uma cerimônia de renovação de votos de casamento.

As duas pessoas do casal acreditavam que eles estavam recebendo uma bênção, mas ao invés de abençoá-los, o funcionário do hotel disse que eram “infiéis” e “porcos” e insultou-os severamente em outras formas na língua local, Dhivehi.

A direção do Vilu Reef Resort and Spa, disse em um comunicado que é imperdoável que um de seus empregados tenha insultado o casal durante a cerimônia com linguagem ofensiva sobre religião e sexo.

O vídeo da cerimônia, publicado no YouTube, mostra a mulher, vestida de branco e carregando um buquê de flores, e seu marido, que também estava vestido formalmente para uma cerimônia de casamento, em frente a uma uma mesa decorada sobriamente, como se estivesse sendo usado em uma cerimônia religiosa.

No fim da cerimônia de 15 minutos de duração, que custou US$ 1,3 mil, o casal trocou alianças e foi para uma bela praia, onde plantou um coqueiro na areia.

As ilhas Maldivas são um destino popular para cerimônias de renovação de votos e para viagens de lua de mel.

O ministro do exterior das Maldivas, Ahmed Shaheed, condenou o episódio, dizendo estar “horrorizado” com o vídeo, e lançou uma investigação sobre o caso.

A economia do país é altamente dependente do turismo.

A Swiss couple is insulted in Dhiveni during a marriage ceremony in the Maldives.

A luxury hotel in the Maldives in the Indian Ocean has apologized after a video posted on YouTube showed one of its employees offending guests in a language they didn’t understand during a ceremony to renew their marriage vows.

The two people in the couple believed that they were receiving a blessing; but instead of blessing them, the employee of the hotel said that they were “infidels” and “pigs” and insulted them severely in other ways in the local language, Dhivehi.

The management of the Vilu Reef Resort and Spa said in a statement that it is inexcusable that one of its employees insulted the couple during the ceremony with offensive language about religion and sex.

The video of the ceremony, which was uploaded to YouTube, showed a woman dressed in white and carrying a bouquet of flowers, and her husband, who was also dressed formally for a marriage ceremony, in front of a a table decorated somberly as if it were being used in a religious ceremony.

At the end of the fifteen-minute ceremony, which cost $1,300, the couple exchanged rings and went to a beautiful beach, where they planted a coconut in the sand.

The Maldives are a popular destination for ceremonies for renewing marriage vows and honeymoon trips.

The foreign minister of the Maldives, Ahmed Shaheed, condemned the incident, saying he was “appalled” by the video, and launched an investigation into the case.

The country’s economy is heavily dependent on tourism.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: